ÚLTIMAS NOTÍCIAS / CENSO AGRO 2017

EQUIPE DO CENSO AGRO 2017 REALIZA REUNIÃO DE ACOMPANHAMENTO

Quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Visualizada 342 vezes

Trabalhos no municípios estão em fase de conclusão


Estiveram reunidos no Anfiteatro da Prefeitura Municipal na tarde de quinta-feira, 30, os recenseadores do IBGE que atuam no Censo Agro 2017, na fase de acompanhamento dos trabalhos realizados em São Jorge do Patrocínio. Estiveram presentes o técnico de informações estatísticas do IBGE Wilson Barbosa, as agentes supervisoras do setor Katyuscia Sota Floriano e Fátima Lopes Gomes e o chefe da agência IBGE-Umuarama Sebastião Aparecido de Azevedo.  O prefeito José Carlos Baraldi, o secretário de Agricultura Fausto Ferdinando Paulin, o técnico da EMATER Rafael Meier de Mattos e o vereador Valdir Spanhol também acompanharam o encontro, junto a proprietários rurais e representantes de entidades, ao mesmo tempo em que receberam informações acerca dos resultados parciais dos dados coletados até então pela equipe de recenseadores. Sebastião se disse muito satisfeito com o andamento dos trabalhos em São Jorge do Patrocínio, que revelam resultados otimistas com relação à conclusão. "Gostaria de parabenizar a equipe que vem trabalhando em São Jorge do Patrocínio pelos resultados obtidos até agora, que sinalizam que, além da rapidez com que estamos recebendo os dados, a cobertura de visitas pode chegar a 100% de propriedades rurais", revelou Azevedo. Baraldi observou que a tecnologia se tornou grande aliada no processo de coleta de dados do Censo para a rapidez na conclusão. "Fui recenseador em 1985 e me lembro da dificuldade em processar todos os questionários, anotados a mão, e a demora em ter acesso aos resultados. Hoje, com a tecnologia disponível, este processo se torna muito mais ágil e eficaz", afirmou o prefeito. Segundo a equipe de recenseadores do município, os trabalhos serão concluídos já no início de dezembro. A equipe solicita às famílias rurais que ainda não foram visitadas, que recebam os recenseadores da melhor forma, fornecendo corretamente as informações acerca da propriedade, a produção e os ganhos e custos, de acordo com os questionamentos. "Com as corretas informações acerca de números e tipos de produção rural, as linhas de ação serão melhor direcionadas para desenvolver projetos que melhorem ainda mais a vida do trabalhador do campo", afirmou Baraldi.

Fonte: IBGE / Assessoria de Comunicação

Fotos: Genivaldo Braz

Fonte: IBGE / Prefeitura Municipal

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias