Investimento de 30 anos

Sanepar apresenta projeto de saneamento para o município

Quinta-feira, 19 de julho de 2012

Última Modificação: // | Visualizada 266 vezes


Ouvir matéria

Em audiência pública realizada na noite de quinta-feira, 19, no Centro Cultural, técnicos da Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar, expuseram os pontos principais do Plano Municipal de Saneamento Básico de São Jorge do Patrocínio. Estavam presentes o prefeito Claudio Palozi, o vice José Carlos Baraldi, vereadores, secretários municipais e representantes de entidades do município. Na abertura, Palozi agradeceu a presença de todos e mostrou-se confiante no trabalho que poderá ser desenvolvido na questão de saneamento básico e abastecimento de água com a aplicação do plano proposto. O membro da equipe de Vigilância Sanitária do município, Adenílson da Mata, apresentou o plano, que consiste em estruturar um sistema de saneamento básico na cidade, e ao mesmo tempo garantir a continuidade da distribuição de água com qualidade e com uso racional, além de realizar ações de educação socioambiental, executar projetos de sistemas de esgoto e estação de tratamento, entre outras ações. O gerente regional da Sanepar de Umuarama, Eduardo Kawassaki Júnior descreveu o Plano Municipal como objeto de um profundo e elaborado estudo que considerou aspectos geográficos, populacional e de infraestrutura do município, o que garantiria um serviço que iria ao encontro de necessidades pontuais da população na questão de saneamento e abastecimento de água. O contrato entre o município e a Sanepar teria validade 30 anos, sendo prorrogados após o término. Nesse período, todas as obras e ampliações previstas no Plano Municipal seriam realizadas, levando em conta os estudos preliminares, e prazos estabelecidos. Entre as obras previstas, estão a perfuração de dois poços profundos, o primeiro ainda este ano, com vazão mínima de 25 m³/h, e o outro em 2035, com a mesma vazão. Também está prevista a implantação de um reservatório apoiado com capacidade de 500 m³ no ano de 2022, para atendimento do acréscimo de demanda até o ano de 2042. Entre 2016 e 2036 serão implantadas gradativamente, redes coletoras (sistema de esgoto), que atingirão número de atendimento com rede de 50%, podendo chegar a 65%. Ainda em 2016 será construída a primeira estação de tratamento de esgoto de São Jorge do Patrocínio, com a segunda estando prevista para 2026. Segundo o técnico da Sanepar, José Aparecido Fogaça, o contrato tem possibilidade de ser avaliado a cada quatro anos, para que as melhorias estruturais sejam garantidas obedecendo as previsões do Plano Municipal. A Sanepar opera em São Jorge do Patrocínio desde 1984, tendo investido no período cerca de R$ 800 mil até 2011. “Com a execução deste plano, a meta de investimentos no município em 30 anos chegará ao patamar de R$ 8 milhões”, afirma Fogaça.

Fonte: Departamento de Comunicação

 Galeria de Fotos

 Veja Também