Delei e o secretrio de Agricultura do Paran inaugura sistema de irrigao no bairro Gurucaia

Sexta-feira, 21 de junho de 2013

Última Modificação: // | Visualizada 502 vezes


Ouvir matéria

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e o diretor-presidente do Instituto Emater, Rubens Niederheitmann, inauguraram o sistema de abastecimento de água no município de São Jorge do Patrocínio, que vai permitir a irrigação para cerca de 50 famílias de agricultores familiares da região Noroeste do Paraná. O sistema, inaugurado terça-feira (18), vai garantir o aumento da produção e da produtividade das lavouras e proporcionar também uma prevenção contra os efeitos de possíveis estiagens que costumam ocorrer na região.

O sistema foi instalado no bairro Gurucaia e vai beneficiar as famílias que produzem leite, café e laranja na comunidade. Contou com investimentos de R$ 250 mil da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e mais contrapartida da Prefeitura e dos produtores. Foi instalado no ponto mais alto do bairro, com capacidade de captar e armazenar 8 milhões de litros de água, que serão distribuídos por declividade e canalização para as propriedades.

O produtor rural Adelson Lazarin, representante do bairro, agradeceu o empenho do governo do estado que viabilizou o acesso dos agricultores a um benefício. “Com recursos próprios não teríamos como fazer”, afirmou.

O secretário Norberto Ortigara ressaltou o compromisso do governador Beto Richa em garantir que as famílias de agricultores tenham mais renda no final do mês. “Esse é o nosso desafio e aqui a soma de esforços da Secretaria da Agricultura, da Emater e da Prefeitura está garantindo esse benefício”, destacou.

O secretário disse esperar que a irrigação permita ao menos dobrar a produtividade média de café beneficiado, passando das atuais 30 sacas para cerca de 60 a 70 sacas de café beneficiado por alqueire, e também o aumento da capacidade de animais no pasto, contribuindo para o aumento da produtividade da pecuária leiteira.

O prefeito Delei Nascimento agradeceu a dedicação do governador Beto Richa em ajudar a resolver os problemas da sua região. “Temos hoje duas dificuldades de clima: geadas e seca. A geada é difícil de prever, mas a estiagem já é possível a gente se prevenir”, disse.

ARENITO CAIUÁ - Ortigara visitou no município a propriedade dos produtores atendidos pelo projeto Arenito Caiuá, os irmãos Adelson e Adauto Lazarin. Segundo Adelson Lazarin, ele tem 35 bovinos de leite em sua propriedade e a produtividade aumentou de 13 litros de leite por vaca/dia para uma média de 17 a 18 litros por vaca/dia em um ano. O aumento de produtividade é gradativo é está sendo obtido graças a uma alimentação balanceada ministrada a cada animal, conforme suas necessidades. Esse processo está sendo comparado pelos técnicos à Agricultura de Precisão, um sistema de alta tecnologia aplicado para aumentar a produção e produtividade da agricultura.

O projeto arenito inovou na implantação do sistema de assistência técnica público-privada. Os técnicos são contratados pela Coopeler (Cooperativa de Produtores de Leite de Entre Rios), e recebem capacitação do Iapar e Emater. A cooperativa atua em oito municípios da região Noroeste, como São Jorge do Patrocínio, Pérola, Perobal, Altônia, Esperança Nova, Francisco Alves, Iporã e Cafezal do Sul e conta atualmente com 175 produtores de leite. A cada ano a produção de leite na região vem aumentando numa média de 10% ao ano.

Além da assistência técnica, o projeto do Arenito Caiuá também é complementado com a distribuição de equipamentos da pecuária leiteira como resfriadores de leite que são instalados na propriedade, ou em empreendimentos coletivos que ampliam a escala de produção à disposição do laticínio. O governo do Estado já investiu R$ 2,68 milhões na compra de equipamentos para incentivar o crescimento das bacias leiteiras em várias regiões como tanques resfriadores, ensiladeiras, botijões e até veículos para o transporte do leite. A ação já beneficiou 6.424 produtores.

 Galeria de Fotos

 Veja Também