ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Visita ao Aterro Municipal

MELHOR IDADE REALIZA VISITA A ATERRO MUNICIPAL

Sexta-feira, 20 de abril de 2018

Visualizada 151 vezes

Objetivo é conscientizar a população sobre coleta seletiva.


Com  o objetivo de sensibilizar a população sobre os cuidados com o lixo e sua destinação já a partir das residências, a Secretaria de Meio Ambiente promove visitas monitoradas ao Aterro Municipal e Centro de Coleta Seletiva, onde são conhecidos os trabalhos de triagem do material coletado nas casas e seu armazenamento. Também são visitadas as trincheiras onde é depositado todo o lixo coletado na cidade, que passa por diversos processos de tratamento para controle de resíduos e processamento do material. Na tarde desta quinta-feira, 19, o Grupo Melhor Idade foi convidado a acompanhar este trabalho, em visita monitorada pelo secretário de Meio Ambiente Ronaldo Bunzel e a agente ambiental Aline Resende, que apresentaram aos visitantes o galpão de triagem do material reciclável e o aterro do lixo não reaproveitável. Esteve presente o prefeito José Carlos Baraldi, que ressaltou a importância de visitas ao local, como forma de valorizar a devida separação do lixo doméstico, o que facilita o trabalho dos agentes coletores e de triagem. "O trabalho realizado aqui é de fundamental importância para o correto manejo do lixo urbano, já que em muitas cidades não se prioriza este tipo de atividade", afirmou o prefeito. No aterro, os membros da Melhor Idade observaram as trincheiras e receberam orientações da forma como o lixo é processado e devidamente depositado. "Se a separação correta do lixo fosse feita já em nossas casas, o volume de lixo acumulado nestas valas seria muito menor, o que aumentaria sua capacidade", explicou Aline. "Por isso é tão importante separar os materiais recicláveis, para que estes sejam destinados ao centro de Coleta Seletiva, e só seja depositado no aterro o lixo comum", completou. Os visitantes se disseram admirados com a estrutura da destinação do lixo da cidade, já que muitos não conheciam este processo. "Para mim, é algo novo que aprendi aqui, pois não imaginava que o lixo de nossas casas tivesse um tratamento tão diferenciado. Daqui para frente, vou cuidar melhor da separação do lixo de minha casa", declarou um dos presentes.      

Fonte: SEMMA/PMSJP

Fotos: Genivaldo Braz

Fonte: Secretaria de Meio Ambiente

 Outras Notícias